sábado, 6 de dezembro de 2008

Minha Primeira Apresentação de Trabalho Realmente Interessante

Pois é, eu tava um tempo sem postar sobre ressacas, bebedeiras e etc. Perdi até o post de Lady Trash, meu Deus! Mas enfim chegou mais um porre memorável, que eu preciso postar no blog pra não esquecer no próximo.

Então, quinta-feira eu bati o meu recorde de garrafas de cerveja. Pelos meus cálculos, só eu devo ter tomado 4 garrafas. E eu nunca fui exatamente forte pra isso. Saí cedo do bar, porque tinha que apresentar o trabalho de metodologia, afinal eu sou uma garota responsável. Então, lá fui eu pro trabalho, enquanto o T, o meu amigo me esperava num bar perto.

Até hoje não sei como eu cheguei na sala, afinal eu sempre erro a sala quando estou sóbria e a sala fica no terceiro andar, mas eu não me lembro de ter usado nem o elevador nem as escadas, para ir nem para voltar. Prefiro acreditar que eu simplesmente apareci.

Quando cheguei na sala, falei para a I, uma menina do meu grupo: "Desculpa, não estou conseguindo falar, então não posso apresentar o trabalho.", ou acho que falei alguma coisa assim. Ela perguntou o porquê e eu só respondi "Não é óbvio?", afinal eu estava fedendo a cerveja. Ela concordou comigo, e até hoje eu não sei em que volume eu falei isso, afinal eu nunca soube controlar a minha voz.

Durante o trabalho (explicar por que a gente não tinha trazido nada e enrolar o professor), eu me lembro de ter passado o tempo todo lutando pra permanecer em pé, enquanto ficava olhando para a parede. Meu Deus, me diga que eu não estava conversando com a parede!

Depois do meu grupo, um outro apresentou, e eu fui pedir pro professor a folha de avaliações, mas não me lembro exatamente em que idioma. Ele fez uma cara MUITO estranha, e me deu a folha.

Infelizmente no meio da avaliação, senti uma vontade horrorosa de vomitar. Empurrei a mesa pra frente e, respondi à menina assustada "Vou fazer xixi!", e o pior é que eu tenho quase certeza de ter gritado.

Como todo o resto, não me lembro direito de nada, mas acho que quase vomitei no corredor. Me lembro da cara que as pessoas que estavam estudando fizeram pra mim enquanto andava em zigue-zague para o banheiro, e me lembro de ter falado algo como "Não olhem para mim, eu não existo!" como resposta. Chegando no banheiro, eu fiz o que tinha de fazer.

Na volta, eu simplesmente preenchi a ficha de avaliação dos grupos com 3, 4 ou 5 (as notas eram de 1 a 5) às vezes aleatoriamente, às vezes colando da opinião da I, e nem sempre acertando o quadradinho de respostas.

Saindo de lá, encontrei de novo com T, com quem fui até o ponto de ônibus. Felizmente, o ônibus não demorou a chegar, mas infelizmente, eu acabei dormindo no ombro de uma mulher, que se mudou de lugar rapidamente. E, mais infelizmente ainda, acordei 4 pontos depois da minha casa. Como já estava anestesiada pela bebida, optei por andar, o que me custou meia hora do meu dia.

Chegando em casa, tomei banho e desmaiei no sofá, não sem antes deixar scraps, testemunhais e falar com pessoas por msn e orkut que vão lembrar para sempre disso. Acabei acordando oito e meia, depois dos meus pais me ligarem por meia hora para saber em que parte da cidade eu estava. Afinal, eles deveriam me buscar depois da aula de física, mas eu não contei que não tinha mais aula de física.

Pois é, acho que esse foi o meu pior porre até hoje. Se não foi, está no top 5. Quem souber de algum pior, favor me lembrar, pois já devo ter esquecido.

3 comentários:

leebsgóia disse...

tenho medo de voce, geebs
IOAHAOIHIOAHAIHIAHIAHOIAOIAHIAHIA


lembrei daquele dia que a gente tomou ice antes da aula. foi legal aquele dia. :d

C. A. Ribeiro Neto disse...

Eu sempre me lembro de beber só depois das aulas... heurheurhuerh


Quando um dia vc vier por Fortaleza, ou eu por aí, vamos beber umas, fiquei curioso.... heurheurhurhe

bjos

Luarle disse...

Gee-nial.

Bom, meu pior porre não tem tanta história quanto o seu... bom, ninguém ficaria consciente depois de meia garrafa de vinho e três copos de B. Label virados um atrás do outro. Ah, fiquei imaginando como deve ter sido o seu "dia seguinte" e rindo ;]